5 dicas para escolher um bom ponto comercial para você começar um novo negócio

Quer abrir uma empresa e não sabe como encontrar a melhor localização? Então você está no lugar certo. Reunimos para você dicas e informações importantes que você deve considerar ao escolher o local certo para sua loja. Para que você também possa começar um novo negócio com sucesso!

A importância do ponto comercial para seu novo negócio

A escolha do local depende muito da sua ideia de negócio. Por exemplo, você deseja abrir um quiosque? Atende quase que exclusivamente clientes sem necessidade de qualquer outra ação, que não seja a venda em sí. Se a sua loja também vai abrir tarde da noite e nos fins de semana, um local permanentemente muito frequentado é o ideal – por exemplo, diretamente em uma estação de ônibus ou trem.

Se você deseja abrir um pequeno restaurante ou café para oferecer almoço, é melhor procurar a proximidade de empresas, parques empresariais ou instituições públicas com muitos funcionários. A localização deve ser avaliada de forma completamente diferente se você abordar um grupo-alvo com necessidades muito específicas.

Por exemplo, se você deseja abrir uma loja de vestidos de noiva ou acessórios de pesca, você depende menos dos clientes que entram. Seus clientes estão procurando especificamente por uma oferta que cubra uma necessidade muito específica. Nestes casos, a acessibilidade é muito mais importante do que a localização.

Como resultado, a avaliação da localização depende muito da sua ideia de negócio planejada. Portanto, os fatores de localização devem ser sempre avaliados em função do respectivo setor.

Fatores que devem ser considerados ao escolher um ponto comercial

Ao escolher o local onde deseja abrir seu negócio, quatro fatores em particular devem ser levados em consideração:

  • Consumo: Quantas pessoas moram nas proximidades e representam clientes em potencial?
  • Transporte: Quão boa é a ligação aos transportes públicos, quantas pessoas passam a pé e existem lugares de estacionamento fáceis?
  • Concorrência: Existem lojas com uma oferta muito semelhante nas imediações ou existem lojas que oferecem uma oferta complementar?
  • Espaço: Este fator relaciona-se com o espaço comercial específico e inclui os requisitos de espaço, a qualidade do espaço e os custos.

Como abrir um novo negócio de sucesso: Quem mora e trabalha aqui?

Uma consideração fundamental no início da escolha do local deve ser o edifício e a estrutura residencial. Existem principalmente edifícios residenciais, espaços comerciais ou hotéis em um só lugar? Embora itens de uso diário, como mantimentos, sejam comprados principalmente nas imediações da própria casa, a proximidade direta de hotéis é ideal para o aluguel de bicicletas.

Clientes que entram na loja: quantos clientes em potencial estão passando pela sua loja?

Se você depende de clientes imediatos para sua ideia de negócio, deve escolher um local com grande movimentação. Para descobrir exatamente quantas pessoas passariam pela sua loja, você pode fazer uma medição de frequência de pedestres. Existem, é claro, prestadores de serviços profissionais para isso, mas você também pode ter uma ideia por si mesmo:

  • Fique no local que você está interessado e anote quantas pessoas aparecem em uma hora.
  • Faça a medição em diferentes momentos do dia.
  • Faça medições comparativas em vários locais possíveis.

O tráfego – será fácil entrar em sua loja?

O tráfego deve ser avaliado levando em consideração sua ideia de negócio específica. Um ponto de ônibus em frente à porta é um ponto de partida perfeito para um quiosque, lanchonete ou restaurante. Por outro lado, para um mercado de bebidas ou uma loja de móveis, o estacionamento costuma ser mais relevante.

Análise da concorrência: onde você é necessário?

Antes de abrir um negócio, vale a pena dar uma olhada na situação competitiva, cuja avaliação pode, no entanto, ser muito diferente dependendo da ideia de negócio planejada. Por exemplo, a concorrência direta em lojas por itens de uso diário com sortimentos quase idênticos pode ter um efeito muito negativo nas vendas.

Em outras áreas, no entanto, a competição também pode estimular os negócios, quando se trata de produtos que muitas vezes são comparados ou até mesmo se complementam. Por exemplo, várias lojas de moda feminina nas imediações podem aumentar a atratividade do local para uma maratona de compras – fazendo com que todas as lojas sejam mais populares.

Abra um negócio: garanta o espaço certo

Principalmente do ponto de vista de custos, a área de vendas é um fator determinante na escolha de um local. Você deve avaliar os seguintes critérios:

O tamanho das vendas e, se aplicável, da área de armazenamento: Você precisa de uma área de armazenamento mais generosa além da área de vendas para armazenar as mercadorias lá? Você precisa de espaço para provas os vestiários ou uma pequena área suficiente, para, por exemplo, mostrar arte artesanal?

A qualidade da sala, ou seja, as opções de decoração e estrutura: O espaço já mobiliado é de alto padrão, quanta liberdade você tem para suas próprias ideias no que diz respeito a equipamentos e disposição da sala e em que medida o locador pode ajudar na modernização?

Os custos do local e outros critérios do contrato de aluguel, como período de aluguel, garantia, proteção contra a concorrência: Qual é o valor do aluguel mensal, por qual duração é o contrato de aluguel e como é a opção de prorrogação? A proteção da concorrência está acordada no contrato de arrendamento e, em caso afirmativo, como está estruturada?

Negócio aberto: inclua a perspectiva de desenvolvimento do local

A perspectiva de uma determinada área ou bairro também é importante. Quem já morou em um bairro novo sabe disso: um bairro que por muito tempo foi considerado sombrio ou “muito afastado” pode rapidamente se transformar em uma nova área da moda.

Grandes projetos de construção, a realocação de novas empresas, hotéis, instituições de ensino ou locais de coworking podem fazer com que uma área mude rapidamente e atraia uma nova clientela. Aqueles que reconhecem o potencial desde o início, muitas vezes têm uma boa chance de garantir um local atraente em um local promissor.

Abrir um novo negócio – é tudo uma questão de localização?

A escolha do local certo é crucial se você deseja começar um novo negócio. No entanto, você definitivamente deve avaliar o local com sua ideia de negócio em mente.

Nossa dica: faça uma lista dos pontos explicados aqui e determine quais fatores são mais importantes para sua ideia de negócio. Desta forma, você pode criar rapidamente um sistema de avaliação muito individual e, assim, comparar facilmente os locais possíveis.

Como escolher o local certo para o seu negócio

O edifício comercial que você escolher terá um grande impacto no seu negócio. Seu tamanho, layout, localização e aparência devem promover o crescimento de suas atividades, respeitando o zoneamento urbano e as normas ambientais.

Como os edifícios comerciais diferem em forma, localização e preço, você precisará identificar suas necessidades e seus recursos financeiros. Se você desenvolveu um plano de negócios, provavelmente sabe quanto dinheiro tem disponível para pagar o aluguel ou financiamento, serviços públicos e impostos. Uma análise de fluxo de caixa permitirá que você saiba se você pode comprar um imóvel ou se o aluguel é sua única opção viável.

Como inquilino de um edifício, você pode preservar seu capital de giro. Não se esqueça de levar em consideração quaisquer aumentos de aluguel. Se você for o proprietário, saberá quais são os pagamentos mensais do financiamento e criará valor para o seu negócio. Certifique-se de considerar cuidadosamente todas as suas opções antes de decidir comprar ou alugar seu espaço comercial.

Um consultor imobiliário comercial independente pode, melhor do que ninguém, ajudá-lo a estabelecer os critérios de seleção adequados para você. Este último deve estar atento ao entorno e aos regulamentos de zoneamento, bem como aos potenciais problemas que afetam o edifício, sua localização e sua possível atividade.

Aqui estão cinco dicas que o guiarão em sua pesquisa para encontrar o local certo para sua empresa.

1. Escolha de acordo com suas necessidades de negócios

Se você é varejista, um local com um amplo estacionamento, muito movimentado e atraente é o ideal. A proximidade de uma loja “principal” pode trazer a você uma multidão de clientes que passam. Se você vende roupas de luxo, por exemplo, provavelmente é melhor evitar shoppings “baratos” e, em vez disso, optar por localizar-se nas proximidades de outros varejistas sofisticados (lojas de calçados, joalherias ou outros varejistas voltados a esse público).

Embora o local e o ambiente sejam fatores menos importantes para um pequeno atacado ou empresa de manufatura, você deve, no entanto, observar os regulamentos de zoneamento que ditam quais atividades são permitidas em diferentes áreas. Certifique-se de ter acesso a mão de obra qualificada a uma distância razoável (meia hora, no máximo) do local de destino.

Se você oferece serviços pessoais, profissionais ou criativos, pode ser melhor optar por escritórios fechados em bairros atraentes, conectados a uma rede de alta velocidade e facilmente acessível por transporte público. A capacidade de atrair e reter funcionários qualificados pode ser crítica para a sobrevivência dessas empresas.

Um edifício localizado em um local central e de fácil acesso pode dar a você uma vantagem estratégica.

2. Considere os custos associados às modificações

Quando você encontrar um prédio adequado em uma boa localização, pense nas mudanças que precisarão ser feitas nele. Surge então a questão de quem arcará com os custos.

Se você estiver alugando instalações que requerem modificações, você precisará negociar com o locador. Certifique-se de ter um contrato que especifica o trabalho a ser feito, os prazos a serem cumpridos e as penalidades por atrasos. Essas disposições também devem ser incluídas no seu aluguel.

Se você está pensando em comprar um prédio, contrate uma empresa licenciada para inspecionar e examinar a propriedade quanto a mau acabamento e contaminação ambiental. Em alguns casos, os defeitos encontrados podem ser objeto de negociações com o vendedor. Em outros, são um sinal de problemas que virão. Melhor evitar os dois.

Nem todas as alterações são de responsabilidade do proprietário. A autorização de um conselho local às vezes é exigida de acordo com os regulamentos de zoneamento ou proteção do patrimônio. Mesmo uma pequena modificação, como encaixar uma porta de carregamento em uma fachada de tijolos antigos, pode exigir a aprovação da administração municipal. Esse processo pode ser demorado e não há garantia de que as alterações desejadas serão autorizadas.

3. Aprenda sobre impostos e infraestrutura

Os impostos variam de acordo com o município. Algumas cidades oferecem tarifas preferenciais na esperança de atrair negócios. O seu agente imobiliário pode fornecer informações sobre os impostos aplicáveis, bem como a infraestrutura e serviços públicos disponíveis – acesso à Internet, coleta de lixo, estradas, eletricidade, gás natural ou outros – nos locais de destino.

4. Plano para expansão futura

É aconselhável contar com espaço suficiente para uma possível extensão. No entanto, pagar por espaço adicional que não será usado por um tempo pode não ser a melhor maneira de usar seu capital de giro. Antes de investir em espaço mais amplo, você deve ter todos os motivos para acreditar que precisará dele em um período de tempo relativamente curto. Seu plano de negócios e seus consultores podem ajudá-lo a avaliar seus recursos financeiros.

5. Diferencie suas necessidades de seus gostos

É fácil ser seduzido pela multiplicidade de recursos e opções disponíveis. Depois de verificar as possibilidades, faça uma lista das necessidades reais do seu negócio. Em seguida, liste os critérios desejáveis, mas não essenciais.

Portanto, você deve eliminar os edifícios que não atendem aos seus critérios essenciais. É melhor restringir sua lista, caso contrário, nenhum prédio será adequado para você. Classifique os edifícios restantes de acordo com o seu nível de satisfação com os seus critérios essenciais.

Conclusão

Escolher um bom ponto comercial para começar um novo negócio pode levar algumas horas, e até dias de estudo, mas é o primeiro passo para um novo negócio de sucesso. Considere todas as dicas acima, e se prepare para atender seus clientes de uma maneira especial!